Mulher é morta com mais de 20 facadas em Vilhena, RO

News3

Corpo estava na frente de uma casa que pegava fogo no Setor 9. Dois suspeitos foram presos pelo crime.


        Uma mulher, identificada apenas como Regina, foi morta com mais de 20 facadas em Vilhena (RO) na noite de terça-feira (24). De acordo com boletim de ocorrência, o corpo estava na frente de uma residência em chamas, no Setor 9, com perfurações no braço, pescoço e tórax. Dois suspeitos foram presos pelo crime.

            Segundo boletim policial, a guarnição foi chamada pela central 190, pois haveria um incêndio em uma residência e que uma pessoa estava caída na frente do imóvel.

              Quando chegaram no endereço, os policiais constataram o óbito da mulher e viram o Corpo de Bombeiros já controlando o incêndio na casa.

                A perícia foi chamada ao endereço e constatou várias perfurações no corpo da vítima, como no braço, tórax e pescoço. O corpo então foi removido a uma funerária local.

                  Minutos depois a guarnição recebeu a informação de que os suspeitos do homicídio estavam em uma residência na 916. Foi feito abordagem nos dois suspeitos no local e a polícia percebeu manchas de sangue com eeles, provavelmente de Regina.

                    Na casa dos suspeitos foram encontradas ainda duas facas, um rolo de papel e bicicletas com manchas de sangue. Conforme a PM, a casa onde a dupla estava é de propriedade de um preso do regime semiaberto, mas ele não estava no local.

                      A PM conseguiu localizar o morador através da tornozeleira eletrônica e ele foi até a casa, mas ao chegar no local ele ouviu os suspeitos conversando e acabou sendo lesionado com uma faca por um dos homens, pois o mesmo exigia que o apenado contasse o que teria ouvido.

                        O homem conseguiu se soltar e a dupla recebeu voz de prisão, sendo levada à delegacia da cidade. A motivação do crime será investigada pela Polícia Civil.


                        Fonte: G1 RO

                        Deixe seu comentário